Nota de Repúdio da ABECS-BA aos ataques feitos contra a professora Raquel Vasconcelos em João Dourado

Nota de Repúdio da ABECS-BA aos ataques feitos contra a professora Raquel Vasconcelos em João Dourado

 

A Coordenação Regional Bahia da Associação Brasileira do Ensino de Ciências Sociais manifesta por meio desta nota seu total repúdio às declarações infames, desrespeitosas e sem amparo legal proferidas em redes sociais, nos primeiros dias de agosto corrente, acerca da prática docente da professora de Sociologia Raquel Vasconcelos, no Colégio Estadual Idalina da Silva Dourado, no município de João Dourado, centro norte da Bahia.

Destacamos que todos os conteúdos abordados pela disciplina de Sociologia estão previsto na Base Nacional Curricular Comum, documento de caráter normativo que define o conjunto orgânico e progressivo de aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica; e que o ensino de Sociologia reforça o compromisso da BNCC ao possibilitar o estudante reconhecer-se em seu contexto histórico e cultural, comunicar-se, ser criativo, analítico-crítico, participativo, aberto ao novo, colaborativo, resiliente, produtivo e responsável, bem como possibilita o desenvolvimento de competências para atuar com discernimento e responsabilidade nos contextos das culturas digitais, aplicar conhecimentos para resolver problemas, ter autonomia para tomar decisões, ser proativo para identificar os dados de uma situação e buscar soluções, conviver e aprender com as diferenças e as diversidades.  

Consideramos que os ataques feitos à professora impõem um direcionamento ideológico antidemocrático, desrespeitam seu exercício profissional que vem sendo realizado com dignidade e totalmente dentro do aparato legal que rege o país e a educação brasileira, de forma ética, zelosa e comprometida com os princípios que regem uma sociedade democrática de fato e de direito.  Assim, reafirmamos contundentemente que tais ataques são inaceitáveis. 

Caracterizamos essa atitude como uma violência e um atentado contra os direitos que normatizam o pleno exercício da cidadania e da prática docente. Com isso, exigimos das autoridades que tomem, de forma imediata, as medidas necessárias para garantir e preservar o direito de liberdade de cátedra da professora e conclamamos a sociedade a repudiar tais atos.

A ABECS Bahia presta seu total apoio e amparo à Professora Raquel Vasconcelos.

 

O documento completo pode ser acessado em: A Coordenação Regional Bahia da Associação Brasileira do Ensino de Ciências Sociais manifesta por meio desta nota seu-1

comment No comments yet

You can be first to leave a comment

mode_editLeave a response

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu
%d