O Congresso da ABECS e o fortalecimento da Sociologia na educação básica

O Congresso da ABECS e o fortalecimento da Sociologia na educação básica

Por Luige de Oliveira*

 

 

 

 

 

Neste final de semana acontece, em Porto Alegre, o III Congresso da ABECS – Associação Brasileira de Ensino de Ciências Sociais, cercado por grande expectativa, considerando o crescente desânimo que assombra o magistério no Brasil, com o aumento das perseguições e das ameaças a professores da rede básica, em especial os licenciados em Sociologia e Filosofia. Nesse contexto, agravado pela quebra da obrigatoriedade das duas disciplinas na grade curricular do Ensino Médio, emerge a perspectiva da abertura da educação básica para o ensino à distância, acarretando – dentre outros reflexos nefastos – maior flexibilização e precarização do trabalho docente na rede pública e privada de ensino.

Profissionais de todo o país já vivenciam um clima de medo nas escolas, diante das tentativas de intimidação praticadas por alunos e pais, encorajadas pelos discursos do presidente eleito e sua equipe [bem como de parlamentares das bancadas que o apoiam], ameaçadores que são à autonomia docente em sala de aula, à produção de conhecimento científico e, sobretudo, ao desenvolvimento do pensamento crítico nas instituições de ensino. Estamos submergindo em uma onda assustadora agigantada pela ampliação das redes de apoio ao Escola sem Partido e movimentos similares em todo o Brasil, a partir da disseminação de fake news, meias verdades e informações distorcidas a respeito do conteúdo programático trabalhado pelas disciplinas supracitadas em sala de aula.

Considerando o universo que nos cabe, é importante a percepção de que a construção dos referidos discursos, que ganham cada vez mais espaço na nossa sociedade, afetam primeiramente os professores de Ciências Sociais/Sociologia e sua prática docente na educação básica, mas não somente a eles. A questão atinge sequencialmente toda uma cadeia ascendente, chegando até à academia, que é de onde eles partem. Ora, o encolhimento [e por que não dizer desaparecimento] do mercado docente para licenciados aponta diretamente para o enfraquecimento da já fragilizada razão de existir das licenciaturas.

Por essa razão, é imprescindível neste III Congresso da ABECS, que abrigará as eleições para novo mandato da diretoria executiva, que todos os campos da Sociologia fortaleçam o desenvolvimento de estratégias de luta e resistência, dentro desse cenário de barbárie política que estamos vivenciando, sem qualquer perspectiva de mudança em curto e médio prazo. Afinal, deve ser do interesse de todos o fortalecimento da Sociologia nas escolas, não apenas enquanto pauta para publicações ou objeto de pesquisa a ser explorado; mas com sensibilidade real, que vise dar voz aos professores que estão no chão da sala de aula da educação básica e suas demandas concretas, garimpadas num cotidiano escolar já tão sofrido e precarizado.

Que possamos sair deste Congresso sinalizando que o caminho da ABECS siga uma política permanente de valorização dos professores licenciados em Ciências Sociais/Sociologia, e de fomento à sua integração ao processo de construção das nossas Unidades Regionais, apostando paralelamente em ações que promovam a aproximação dos nossos cursos de graduação e pós-graduação com os professores da rede básica, em uma convivência pautada na cooperação, respeito e solidariedade. Que possamos, seguindo este caminho, superar a premissa de hierarquização que ainda predomina na relação academia X educação básica.

Precisamos de uma ABECS que ande a passos largos para robustecer o nosso campo de atuação, reforçando os trilhos que lograram a sua criação. Aos participantes deste importante Congresso, portanto, meus sinceros desejos de sucesso e união. ABECS, avante!

 

*Doutorando em Sociologia
Professor de Sociologia na Educação básica
2º Vice-Presidente da ABECS
[[email protected]]

comment No comments yet

You can be first to leave a comment

mode_editLeave a response

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu
%d blogueiros gostam disto: