Orientações para a criação e registro das Unidades Regionais (UR)

Orientações para a criação e registro das Unidades Regionais (UR)

Considerando o previsto no Estatuto da ABECS, art. 5º e art. 32 e 33;

Considerando a discussão realizada durante o Congresso de fundação da entidade e em seu 1º Congresso Nacional (Sergipe, 2013);

Considerando as Atas (001/2012; 001/2013) das Assembleias Gerais da entidade;

Considerando a reunião realizada no dia 24 de julho de 2017;

Orienta-se acerca da criação e registro das Unidades Regionais da ABECS:

I – De acordo com o Art. 5º de seu Estatuto, “para de cumprir suas finalidades e objetivos a ABECS se organizará em tantas Unidades Regionais (UR), quantas se fizerem necessárias, as quais se regerão por regimento interno próprio, respeitados, os princípios aqui estabelecidos”. Nesse sentido, a criação de UR atende aos princípios da Associação.

II – No Art. 33 do Estatuto, lê-se que “as UR podem ser organizadas em cada estado da federação nacional, podendo haver mais de uma em um mesmo estado, conforme as características e necessidades deste”. Assim, a dimensão regional não significa, necessariamente, estadual. Deve-se respeitar o acúmulo de discussão em cada estado e região do país, bem como o diálogo com a esfera sindical e o movimento estudantil que tem como suas principais bandeiras o ensino de sociologia.

III – A ABECS busca articular as diversas experiências em curso no país envolvendo docentes e pesquisadores(as) da área de ensino de ciências sociais. O objetivo principal é o fortalcimento de redes associativas que qualifiquem política e academicamente o ensino da área de ciências sociais.

IV – As UR da ABECS devem ser criadas respeitando o disposto no Estatuto da entidade, bem como as deliberações coletivas nas instâncias pertinentes da associação.

V – Para a criação de uma UR da ABECS, é importante que seja produzida uma ata, que tenha lista de assinatura dos(as) presentes e que esta documentação seja encaminhada à diretoria nacional da entidade.

VI – Os(as) participantes da UR devem se associar à ABECS e cumprir o disposto em seu Estatuto. É indicado que cada UR tenha, pelo menos, três pessoas responsáveis que constituirão uma coordenação coletiva com o objetivo de mobilizar os demais membros e estabelecer canal de comunicação permanente com a direção nacional da ABECS.

VII – Entre as responsabilidades da coordenação da UR, estão a convocação e organização de reuniões e eventos, redação de atas e demais documentos e prestação de contas no caso de haver receitas e despesas.

VIII – Cada UR criada possuirá assento no Conselho Deliberativo da entidade.

IX – Teremos espaço no site da ABECS para informes de cada UR criada no país.

X – A criação de UR atende aos princípios fundantes da entidade e está em fase inicial de experimentação podendo sofrer alterações decidas em reunião da diretoria das ABECS.

XI – Os casos omissos serão decididos em reunião da diretoria da ABECS. 

 

Rio de Janeiro, 10 de agosto de 2017

Diração Nacional da ABECS

Prof. Dr. Thiago Ingrassia Pereira

Presidente

 

Baixar versão em PDF AQUI

comment No comments yet

You can be first to leave a comment

mode_editLeave a response

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu
%d blogueiros gostam disto: