Sociologia no Ensino Médio: entre a contingência e essencialidade.

Lucas Marcelo Souza

Resumo


A Sociologia entrou e saiu, repetidas vezes, da grade curricular obrigatória do ensino médio. A cada proposta de reforma da educação, no Brasil, questiona-se sua presença no currículo escolar. Este artigo vem procurar entender parte das razões sociais e históricas que levaram a sociologia a esse estado de irregularidade dentro do ensino médio brasileiro. Para tanto, lança-se luz a três dilemas fundamentais para o ensino da disciplina no Brasil: a formação docente, construção de um currículo básico e metodologias próprias de ensino.


Palavras-chave


Ensino de Sociologia, Formação de Professores, Currículo Básico e Livro Didático

Texto completo:

PDF

Referências


APPLE, Michael. Ideologia e currículo. São Paulo: Brasiliense, 1982.

BERNSTEIN, Basil. A estruturação do discurso pedagógico: classe, códigos e controle. Petrópolis: Vozes, 1996.

BOURDIEU, Pierre. O poder simbólico. Rio de Janeiro: Bertrand do Brasil, 2001.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Conselho Nacional de Educação. Diretrizes curriculares nacionais para o ensino médio. Brasília, DF, 1998.

______. Parâmetros curriculares nacionais para o ensino médio: área Ciências Humanas e suas tecnologias. Brasília, DF: CNE, 1999.

CARVALHO, Lejeune. A Trajetória Histórica da Luta Pela Introdução da Disciplina de Sociologia no Ensino Médio. In: Sociologia e Ensino em Debate: experiências e discussões de sociologia no ensino médio. Org. CARVALHO, Lejeune. Ijuí. Ed. Unijuí, 2004.

CASÃO, Carolina Dias Cunha; QUINTEIRO, Cristiane Thaís. Pensando a Sociologia no ensino médio através dos PCNEM e das OCNEM. Mediações, londrina, v. 12, n. 1, p. 225-238, jan/jun. 2007.

CHERVEL, André. História das disciplinas escolares: reflexões sobre um campo de pesquisa. Teoria & Educação, Porto Alegre, n.2, p. 177-229, 1990.

DUARTE, Newton. Vigotski e o aprender a aprender: crítica à s apropriações neoliberais e pós-modernas da teoria vigotskiana. Campinas: Autores Associados, 2001.

HANDFAS, Annita. A Formação do professor de Sociologia: reflexão sobre diferentes modelos formativos. In: HANDFAS, Annita; OLIVEIRA, Luiz (Orgs). A Sociologia vai à escola: história, ensino e docência. Rio de Janeiro: Faperj, 2008.

_________. Formação dos Professore de Sociologia: um debate em aberto. In: HANDFAS, Annita; MOÇARA, Júlia (Orgs). Dilemas e perspectivas da Sociologia na Educação Básica. Rio de Janeiro: E-Papers, 2012.

LENNERT, Lúcia. Algumas Reflexões acerca da formação de professores de Sociologia a partir de dados estatísticos e trajetórias pessoais. In: HANDFAS, Anita; MAÇAIRA, Júlia. Dilemas e Perspectivas da Sociologia na Educação Básica. Rio de Janeiro: E-papers, 2012.

MENDONÇA, Sueli. A crise de sentidos e significados na escola: A contribuição do olhar sociológico. Cad. Cedes, Campinas, vol. 31, n. 85, p. 341-357, set.-dez. 2011.

MEUCCI, Simone. A institucionalização da sociologia no Brasil: os primeiros manuais e cursos. Dissertação " Mestrado em Sociologia " Instituto de Filosofia e CiÊncias Humanas da Universidade de Campinas, São Paulo, 2000.

MORAES, Amaury. Ciência e Ideologia na Prática dos Professores de Sociologia no Ensino Médio: da neutralidade impossível ao engajamento indesejável, ou seria o inverso? Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 39, n. 1, p. 17-38, jan./mar. 2014.

_________. Ensino de sociologia: periodização e campanha pela obrigatoriedade. Cad. Cedes, Campinas, vol. 31, n. 85, p. 359-382, set.-dez. 2011.

_________. Licenciatura em ciências sociais e ensino de sociologia: entre o balanço e o relato. Tempo Social. V.15 n.1 São Paulo abr. 2003.

MORAES, Amaury; GUIMARÃES, Elisabeth. Metodologia de Ensino de Ciências Sociais: relendo as OCEM- Sociologia. In: MORAES, Amaury (Org.). Coleção Explorando o Ensino de Sociologia. Brasilia: MEC, 2010.

NEVES Ana; MELO, Camila; LANNES; Suellen. Professor Regente e Licenciandos no estágio supervisionado da prática de ensino: quem aprende com quem? In: HANDAFAS, Annita; MOÇARA, Júlia (Orgs). Dilemas e perspectivas da Sociologia na Educação Básica. Rio de Janeiro: E-Papers, 2012.

OLIVEIRA, Amurabi. Formação de professores em ciências Sociais: Desafios e possibilidades a partir do Estágio e do PIBID. Revista Eletrônica Inter-Legere. N. 13, julho a dezembro de 2013a.

__________. O currículo de sociologia na escola: um campo em Construção (e disputa). Espaço do Currículo, v.6, n.2, p.355-366, Maio a Agosto de 2013b.

OLIVEIRA, Luiz; COSTA, Ricardo. Material didático, novas tecnologias e ensino de sociologia. In: HANDAFAS, Annita; OLIVEIRA, Luiz (Orgs). A Sociologia vai à escola: história, ensino e docência. Rio de Janeiro: Faperj, 2008.

PIMENTA, Selma. O Estágio na Formação de Professores: Unidades entre Teoria e Prática. Cadernos de Pesquisa. São Paulo, n. 94, p.58-73, agosto 1995.

SANTOS, Mário Bispo. Diretrizes Curriculares Estaduais para o Ensino de Sociologia: Em busca do mapa comum. Florianópolis, v. 13, n. 01, p. 40-59, jan/jun. 2012.

SARANDY, Flávio. A sociologia volta à escola: Um estudo dos manuais de sociologia para ensino médio no Brasil. Dissertação " Mestrado em Sociologia " Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, 2004.

SHULMAN, Lee. Conocimiento y enseñanza: fundamentos de la nueva reforma. Profesorado. Revista de currículum y formación del professorado. Granada-España, ano 9, n. 2, 2005a.

SHULMAN, Lee. El saber y entender de la profesión docente. Estúdios Públicos, n. 99, Santiago-Chile, 2005b.

SILVA, Ileizi. O Ensino das Ciências Sociais/Sociologia no Brasil: histórico e perspectivas. In: MORAES, Amaury (Org.). Coleção Explorando o Ensino de Sociologia. Brasilia: MEC, 2010.

SILVA, Ileizi. A sociologia no ensino médio: os desafios institucionais e epistemológicos para a consolidação da disciplina. Revista Cronos, Natal-RN, v.8, n.2, 2007.

_________. Metodologia do ensino na educação básica. In: HANDFAS, Annita; OLIVEIRA, Luiz (Orgs). A Sociologia vai à escola: história, ensino e docência. Rio de Janeiro: Faperj, 2008.

TOMAZI, Nelson; LOPES, Edmilson. Uma angústia duas reflexões. In: CARVALHO, Lejeune (Org.). Sociologia e Ensino em Debate. Experiências e Discussões de Sociologia no Ensino Médio. Ijuí: Ed. Unijuí, 2004.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Associação Brasileira de Ensino de Ciências Sociais - ABECS

Periodicidade: semestral

ISSN 2594-3707


INDEXAÇÃO

Google Acadêmico

ANPOCS



Idioma: Português

Editor responsável: Cristiano das Neves Bodart

Autor corporativo: Associação Brasileira de Ensino de Ciências Sociais (ABECS)

Endereço: Cpo São Cristóvão, 177, UE São Cristóvão CPII, Sala do Departamento de Sociologia, São Cristóvão, Rio de Janeiro, RJ, CEP 20921-440, Brasil
CNPJ: 19.340.922/0001-76

Site da ABECS: www.abecs.com.br
Facebook da ABECS: https://www.facebook.com/abecsnacional/